MOVIMENTOS POPULARES EM ENCONTRO COM LULA

Fotos: Katia Passos

Integrantes de movimentos populares tiveram um encontro com Lula, nesta sexta-feira, 27/5, na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade, em São Paulo. Trabalhadores do campo e da cidade, centrais sindicais, movimentos de mulheres, dos negros e da população indígena, movimentos de moradia entregaram ao ex-presidente propostas para o próximo governo, sistematizadas no documento Superar a Crise e Reconstruir o Brasil.

O documento analisa o cenário da crise brasileira: a fome, o desemprego, o trabalho precário e o arrocho salarial retratam a deterioração das condições de vida da classe trabalhadora, os baixos índices de crescimento da década, o desmonte das cadeias de produção e das políticas de apoio à agricultura familiar. A análise atribui o sucateamento dos serviços públicos básicos, como saúde e educação, e das empresas públicas e a privatização em áreas estratégicas ao programa neoliberal aplicado pelos governos Temer e de Bolsonaro.

Os movimentos sociais apontam os principais pontos programáticos do campo popular que devem dar o norte do governo, como a reforma tributária progressiva, a revogação das reformas trabalhista e previdenciária e da Emenda Constitucional 95 (teto de gastos). Reivindicam também uma política emergencial de enfrentamento à fome, a instituição da renda básica cidadã e a valorização do salário-mínimo.

“Enxergamos que a pré-candidatura do ex-presidente Lula pode expressar essa mudança de rumos e acreditamos que a convergência do seu programa de governo com as bandeiras que animam as lutas sindicais e populares dependerá da nossa capacidade de mobilização, organização e construção coletiva e unitária”, declara o documento.

Um dos temas do encontro de Lula com os movimentos populares foi a necessidade de elaboração de uma política de segurança pública cidadã e desmilitarizada e da ampliação do controle social sobre as políticas de Segurança Pública. Foi feita uma homenagem a Genivaldo de Jesus Santos, assassinado na quarta-feira, 25/5, no município de Umbaúba, Sergipe, durante uma abordagem violenta feita Polícia Rodoviária Federal.

 

Assista ao vídeo do encontro no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=RODRwmarXyw

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.