Petistas homenageiam Clodoaldo Barbosa dos Santos
Petistas homenageiam Clodoaldo Barbosa dos Santos

As deputadas e os deputados do PT, na Assembleia Legislativa de São Paulo, manifestam pesar pelo falecimento do companheiro Clodoaldo Barbosa dos Santos, militante petista, que assessorou por anos o diretório estadual do PT em São Paulo.

Em sua homenagem, publicamos mensagem de petistas, amigos e amigas de Clodo.

Clodoaldo Santos, presente sempre!

Clodoaldo Barbosa dos Santos, ou simplesmente nosso amigo e companheiro Clodo, faleceu na noite desta quinta-feira, 28/12/2023, no Hospital das Clínicas de Botucatu. No dia primeiro de janeiro ele completaria 51 anos de idade.

Nos dois meses em que esteve internado, em Avaré e em Botucatu, em decorrência de encefalopatia e outras infecções, nosso amigo exerceu, ainda que de forma inconsciente (ou consciente… como saber…) duas de suas maiores práticas: lutar e agregar. Lutou contra várias doenças, que foram se aproximando na condição fragilizada em que estava, mas também agregou amigos e amigas que não o viam há muito tempo.

Apesar de seu jeitão discreto, Clodo era conhecido e reconhecido em São Miguel, onde morou por toda a vida, no Anhembi, onde trabalhou, e em todos os lugares por onde passou como o Petista. Solidário, fraterno, que não tergiversava frente à injustiça, sabia como ninguém ser companheiro.

Trabalhou em diversas campanhas eleitorais, na luta contra a prisão de Lula e para eleger companheiras e companheiros que ajudassem a tornar o Brasil menos desigual e preconceituoso.

Para ele parecia não existir o cansaço. A seriedade com que encampava tarefas de menor ou maior tamanho sempre tiveram o mesmo peso e sua total dedicação. Foi um dos principais sujeitos, ao lado do Cidão, para que o PT estadual de São Paulo tivesse uma Rádio Web, a Rádio Linha Direta. Era um apaixonado por fazer esse trabalho chegar mais longe e ganhar visibilidade.

Seu olhar sempre esteve direcionado para a luz, o conhecimento e a libertação da miséria em todas as dimensões.

Leal à luta, Clodo fará uma falta danada nesse mundo ainda bastante miserável, cheio de injustiças e bestialidades. Numa roda de amigos e amigas, a cadeira ficará vazia.

Nós, petistas, simpatizantes, amigas e amigos do Clodoaldo Santos nos solidarizamos com a esposa Rosana, o seu único irmão Milson, familiares e colegas que conviveram com esse grande camarada.

Clodoaldo Santos, presente sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *