Presidente do TCE suspeito de receber 2 mi por favorecer empresa em licitação do Metrô

O ex-presidente do TCE-SP, Eduardo Bittencourt, está sendo acusado de receber R$ 2 milhões, entre 2010 e 2012, por favorecer uma construtora durante votação em licitação da linha 5-Lilás do Metrô de São Paulo.

A denúncia foi proposta pelo Ministério Público, a partir de uma delação premiada da Camargo Corrêa, e acatada por uma juíza da 12ª vara criminal.

Reincidência

Segundo reportagem do G1, Eduardo Carvalho, que presidiu o TCE-SP por três vezes, já havia sido afastado do tribunal em 2011 e desde 2008 é investigado por suspeita de improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e evasão de divisas.

Com informações do G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *