RODRIGO GARCIA ACELERA PRIVATIZAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL DO ALTO RIBEIRA
RODRIGO GARCIA ACELERA PRIVATIZAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL DO ALTO RIBEIRA

Em outubro de 2021, a Assembleia Legislativa realizou, por meio da Comissão de Meio Ambiente, uma audiência pública para discutir a concessão do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar) por 30 anos. A proposta lançada pelo então governador João Doria definiu a privatização do parque, constituído em 1958 e composto por 35 mil hectares, área coberta por densa e exuberante vegetação da Mata Atlântica e que integra a Zona de Reserva de Biosfera.

O Petar abriga mais de 400 cavernas na maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil. O parque fica localizado entre as cidades de Apiaí e Iporanga e é reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como patrimônio da humanidade.

Movimentos sociais e sindicais, ambientalistas, vereadores, prefeitos e deputados não concordam com o modelo de exploração da área proposto pela gestão João Doria em edital inicial.

Para os opositores e críticos à iniciativa do governador, a privatização do parque tem que ser benéfica para todos os envolvidos, especialmente para a comunidade tradicional que reside há tantos anos lá.

Há preocupação em relação ao trabalho que é realizado há anos por moradores da região, que desenvolvem atividade sustentável na produção agrícola e ecoturismo, realizadas com cuidado de preservação ambiental.

De acordo com lideranças da região, o projeto de concessão do parque não dá garantia para os guias locais e não tem estudo de impacto ambiental que o aumento de 40 mil para 110 mil do número de visitantes vai causar.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, entre os investimentos previstos pela concessão estão a revitalização dos centros de visitante, novos espaços de exposição, atividades de educação ambiental, novos roteiros de ecoturismo e aumento do número de visitantes para gerar renda à comunidade local e capacitação de monitores da região.

Nesta quarta (27), a direção do Sintaema realiza ato em defesa do PETAR – Parque Estadual Turístico Alto do Ribeira, na Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SIMA), durante reunião do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), que ocorrerá no “Plenário Prof. Paulo Nogueira-Neto”, no Prédio 6, 1º Andar, da SIMA/CETESB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.