Governo de SP também poderá adquirir vacinas de forma direta sem esperar por Bolsonaro
Governo de SP também poderá adquirir vacinas de forma direta sem esperar por Bolsonaro

O Projeto de Lei 108/2021, apresentado pelo deputado Paulo Fiorilo, autoriza o governo do Estado a adquirir diretamente imunizantes para atender a demanda de vacinação nos 645 municípios do Estado, caso o governo federal descumpra prazos apresentados no Plano Nacional de Vacinação.

O projeto dialoga com a iniciativa aprovada pelo vereador Donato, na Câmara Municipal de São Paulo.

Fiorilo afirma que “Bolsonaro, mais uma vez, mostra desrespeito à vida das pessoas, vetando trechos importantes da Medida Provisória que facilitaria os trâmites para aquisição direta dos imunizantes”.  Segundo o petista, aprovar uma legislação estadual que garanta a aquisição de vacinas, é importante inclusive para dar respaldo a um possível enfrentamento na, Justiça, da irresponsabilidade do governo federal.

Para o deputado, “a grave situação pandêmica e o superávit nas contas do Estado de R$7,7 bilhões permitiriam amenizar o sofrimento e a agonia de quem espera pela vacinação no Estado”.

Dada a importância e premência  que envolve o objeto do PL 108/2021, Fiorilo informa que pedirá urgência na aprovação do projeto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *