Cena Política, quinta, 21 de março de 2019
Beth Sahão denuncia merenda

MERENDA REBAIXADA

A deputada Beth Sahão comentou notícia de que o governo Doria contratou o fornecimento de carne para merenda escolar de empresas que tiveram suas atividades suspensas por fraude. O Ministério Público apurou que três frigoríficos vendiam carne de segunda como se fosse de primeira. Beth Sahão disse que, mesmo depois de ter havido uma CPI da Merenda, nem governo nem Ministério Público tomaram medidas sugeridas pelo relatório da comissão. “O secretário foi avisado sobre os problemas da merenda. Mas o governo está substituindo alimentos in natura por produtos processados. Tudo é muito ruim: molho de tomate em pó, almôndegas industrializadas.” Para a parlamentar, a questão alimentar está intimamente ligada à ao processo educacional.

 

FASCISMO E ENTREGUISMO

O líder o PT, Teonilio Barba, disse ter a honra de ser amigo do ex-presidente Lula, de estar ao lado dos militantes do PT e de atuar nas fileiras da esquerda. Para ele, não dá para tolerar o fascismo e posturas de pessoas que aceitam passivamente práticas de tortura. Barba se referiu aos deputados contrários à criação do comitê antitortura, que está sendo discutido na Assembleia. O parlamentar também atacou a subserviência de Bolsonaro aos Estados Unidos, que vai entregar a base de Alcântara, dispensar os vistos para americanos que visitam o Brasil e abrir mão da prerrogativa da autodeclaração na Organização Mundial do Comércio (OMC) para adular Donald Trump.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *