Cena Política – Terça-Feira, 15 de Outubro
Cena Política – Terça-Feira, 15 de Outubro

Acompanhe todo o trabalho da bancada do PT na Alesp, nesta terça, 15 de outubro de 2019. 

 

ATO CONTRA O CALOTE DE DORIA

Entidades de servidores estaduais da educação, da saúde e de outras categorias profissionais promoveram ato em frente à Assembleia Legislativa contra o PL 899/2019, apresentado pelo governador João Doria, que visa reduzir o limite das Obrigações de Pequeno Valor para R$ 11.678,90. Atualmente, esse limite é de R$ R$ 30.119,20. A proposta, segundo os manifestantes, é praticamente um calote contra os trabalhadores com direitos adquiridos na justiça. Ela gera prejuízo a milhares de servidores com crédito judicial, que engrossarão a fila dos precatórios do governo do Estado.

 

HOMENAGEM E LUTA DOS PROFESSORES

O Dia dos Professores foi comemorado pela deputada Professora Bebel em cima do carro de som das entidades dos servidores estaduais, estacionado em frente à Assembleia Legislativa. A parlamentar falou sobre os principais desafios da categoria nos próximos dias. O primeiro é barrar o PL 899/2019, que reduz o limite das Obrigações de Pequeno Valor referente a precatórios. O segundo é fazer um grande ato no próximo dia 18, na avenida Paulista, para questionar portaria da Secretaria da Educação que trata da inscrição dos professores para a atribuição de aulas de 2020. O terceiro será enfrentar a reforma da previdência que o governo João Doria pretende apresentar, elevando a contribuição dos funcionários públicos paulistas de 11% para 14% e retirando deles vários direitos conquistados.

https://bit.ly/2VIRqYW

 

TIRAR DOS POBRES PARA DAR AOS RICOS

O líder do PT, deputado Teonilio Barba, disse que a Assembleia não pode deixar o PL 899/2019 passar. Segundo barba, a proposta do governador não atinge os grandes credores do Estado, mas sim os trabalhadores de baixa renda, professores, servidores da saúde e da segurança. “João Doria, mais uma vez, faz aquilo que mais gosta: tirar dos pobres para dar aos mais ricos.”

 

COMPROMISSO COM OS TRABALHADORES

O deputado Dr. Jorge do Carmo também participou do ato em frente à Assembleia Legislativa contra o PL 899/2019. Ele disse que o projeto pretende consumar um verdadeiro calote do governo. “Aqui não é um puxadinho do Palácio dos Bandeirantes. O Partido dos Trabalhadores vai discutir e obstruir esse projeto. Tem compromisso com os trabalhadores para barrá-lo.”

https://bit.ly/32k2yy2

 

GOVERNISTAS REJEITAM TRANSPARÊNCIA EM OBRAS NO TIETÊ

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira, 15/10, o PL 836/2019, que autoriza o Governo do Estado a realizar operações de crédito, no valor total de R$ 654,4 milhões, com instituições financeiras nacionais ou internacionais para financiar investimentos no programa de recuperação do Tietê. A Bancada do PT apresentou 13 emendas ao projeto que procuravam garantir mais transparência sobre os investimentos já feitos e que restam por fazer. Porém, a bancada governista rejeitou todas as emendas que obrigavam órgãos de governo e Arsesp a prestar contas regularmente à Assembleia Legislativa sobre o andamento das obras e execução dos projetos financiados.

 

PRESSA É DEMONSTRAÇÃO DE FRAQUEZA

O presidente da CPI das Universidades Públicas, Welhington Moura (PRB), marcou três reuniões para esta terça-feira para que fosse votado o relatório final da comissão. A deputada Professora Bebel questionou a pressa para colocar o relatório em votação. “A forma apressada é uma demonstração de fraqueza do parecer. Não acho que a decisão deve acontecer hoje”, disse a parlamentar, que pediu vistas do relatório de autoria da deputada Valéria Bolsonaro (PSL). Antes disso, o deputado Barros Munhoz (PSB) comentou que nunca uma CPI votou o relatório um mês antes do prazo para ser concluída. Ele também afirmou que o atropelo para concluir os trabalhos da CPI é antirregimental e antiético. “O presidente da CPI deve ter compromisso não sei com quem. Talvez com o Satanás”, disse Munhoz ao deputado e pastor Wellington Moura.

 

CONVOCAÇÃO DE EX-FUNCIONÁRIO DA FURP

A CPI da FURP – Fundação para o Remédio Popular aprovou nesta terça-feira, 15/10, requerimento para que seja convocado para depor Luiz Roberto Beber, ex-funcionário da FURP e engenheiro que antecedeu Ricardo Luiz Mafhuz no acompanhamento da execução do contrato da obra da fábrica de Américo Brasiliense. A deputada Beth Sahão disse que o desejo de João Doria de fechamento da Furp pode resultar na interrupção da produção de medicamentos essenciais que nenhum laboratório privado tem interesse de produzir

#AoVivo
A CPI das Universidades rolou! A deputada professora Bebel apresentará um relatório ao final dos trabalhos. Entenda as ações da parlamentar nesta Comissão Parlamentar de Inquérito, em dois momentos que podem ser acessados nos vídeos abaixo.

#AoVivoA CPI das Universidades está rolando! A deputada professora Bebel apresentará um relatório ao final dos trabalhos. Entenda as acões da parlamentar nesta Comissão Parlamentar de Inquérito.

Publicado por PT Alesp em Terça-feira, 15 de outubro de 2019

#AoVivoA CPI das Universidades está rolando! A deputada professora Bebel apresentará um relatório ao final dos trabalhos. Entenda as acões da parlamentar nesta Comissão Parlamentar de Inquérito

Publicado por PT Alesp em Terça-feira, 15 de outubro de 2019

🔴ATO CONTRA O VERDADEIRO CONFISCO REPRESENTADO PELO O PL 899, DO SENHOR GOVERNADORO Projeto pretende baixar ainda mais as requisições de pequenos valores devidos pelo Estado aos servidores. Vamos juntos nessa luta! ✔️ Saiba tudo sobre este projeto: http://www.apeoesp.org.br/publicacoes/apeoesp-urgente/n-69-todos-a-alesp-dia-15-10-14-horas-contra-o-pl-899-19/

Publicado por Professora Bebel em Terça-feira, 15 de outubro de 2019

Acompanhe imagens da reunião de bancada, na manhã desta terça (15). Com os parlamentares do PT na Casa, uma Comissão do IAMSPE; o Presidente do Sind. dos Advogados, Dr. Fábio Gaspar e na pauta, o PL 899/2019- Precatórios. 

#AoVivo
No dia dos professores, conversamos com a deputada Professora Bebel que participou de um ato, em frente à Alesp, contra o PL 899/19.  Entenda os três principais embates que a categoria fará ainda este ano.
O projeto de lei estabelece, para fins de requisição direta à Fazenda do Estado de São Paulo, Autarquias, Fundações e Universidades estaduais, o limite para atendimento como obrigações de pequeno valor, nos termos do § 3º do artigo 100 da Constituição Federal.

#AoVivo No dia dos professores, conversamos com a deputada Professora Bebel que participa agora de um ato, em frente à Alesp, contra o PL 899/19. Entenda os três principais embates que a categoria fará ainda este ano.O Projeto de Lei estabelece, para fins de requisição direta à Fazenda do Estado de São Paulo, Autarquias, Fundações e Universidades estaduais, o limite para atendimento como obrigações de pequeno valor, nos termos do § 3º do artigo 100 da Constituição Federal.

Publicado por PT Alesp em Terça-feira, 15 de outubro de 2019

 

#AoVivo
O deputado Dr. Jorge do Carmo participou do início do ato contra o PL 899/19. Diversas categorias do funcionalismo público se concentram agora, em frente à Alesp. Antes, Arnobio Rocha, presidente da comissão de Direitos Humanos da OAB-SP faz uma intervenção de apoio ao ato.

#AoVivoO deputado Dr. Jorge do Carmo participa do início do ato contra o PL 899/19. Diversas categorias do funcionalismo público se concentram agora, em frente à Alesp. Antes, Arnobio Rocha, presidente da comissão de Direitos umanos da OAB-SP faz uma intervenção de apoio ao ato.

Publicado por PT Alesp em Terça-feira, 15 de outubro de 2019

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *